DIY | Luminária Bambolê.

É sei que parece estranho, mas relaxa que tenho um plano.

Ou seja isso mesmo que você leu Luminária Bambolê e digo mais luminária pendente.
Segue abaixo um tutorial em imagens, garanto que vão gostar.

blog 1


blog 2


blog 3


blog 4


blog 5


blog 6

De mais né, achei o máximo. Gente do céu como um spray dourado muda tudo né. E vocês gostaram?
Alguma outra ideia com esses elementos usados nesta luminária?

Até Logo

Jéssica Coelho

cadeira


Colorindo o Rejunte.

Se você já considerou mudar a cara daquela parede de azulejos que está na sua casa, sabe que essa pode ser uma tarefa trabalhosa, de valor alto e muito estressante, Mas tenho uma solução boa para te inspirar, uma ideia simples, fácil de fazer e que deixa sua casa de cara nova e muito mais charmosa. Ficou curioso né?
Então olha essa imagens e me diz se não é o máximo mudar a cor dos rejuntes.

Muito legal, fácil e criativo né. Pois bem não tem mais desculpa para dar uma repaginada e up grade nesses azulejos lindões que você tem por aí.

Até Logo
Jéssica Coelho

cadeira

Decorando com Flores de Papel !

Parede Linda com as queridinhas flores de Papel.

Agora chegou a vez das flores! Mas ao invés de usar papel de seda, é mais comum ver flores feitas com papeis mais grossos, tipo de scrapbook ou algum outro mais encorpado. Algo fácil de manusear e sem frescuras.  E olha o resultado que coisa mais linda!!

flores de papel

Dá vontade de fazer todas as festas assim e só ir mudando as cores hahaha E nesse painel eles até colocaram algumas feitas com papel de seda também. Ficou bem bacana a mistura de texturas. Mas e aí, como é que faz esse negócio? Bom, eu fui atrás de um passo a passo e achei vários.
Segue abaixo o modelo mais fácil, tenho certeza que vão gostar.

Tutorial_Flores de papel

Fiz uma galeria com várias ideias do que pode ser feito com o papel, uma imagem melhor que outra, agora só colocar a cabeça pra funcionar e fugir daquela mesma decoração de sempre.

E vocês gostam dessa ideia?
Até Logo.

Fonte (Apartamento 304)

Ímãs de Polaroid | Passo a passo

Olha que ideia mais linda e fofa, para quem é chegado em um pegue e faça, ideal para dar aquele destaque na sua geladeira, ou um charme para se dar de presente.
Lá vai um pegue e faça, passo a passo para não ter desculpas.

Sobre as fotos quem não tiver impressora, pode levar em uma loja de revelação e pedir que as fotos fiquem 4cm x 4cm, ou seja o tamanho das fotos do instagram aqueles quadradinhos. Ou se achar aqueles quiosques em shoppingou sites de revelação você consegue importar direto para eles.

Bom vamos lá.

PASSO A PASSO

decoracao-imas-polaroid-referans-blog-01

  1. Considerando a medida de 4 x 4 das fotos, determinei que cada ímã teria 5,5 cm de altura por 5 cm de largura (para que a moldura inferior ficasse um pouquinho maior que as outras, como nas Polaroids). Então o primeiro passo é marcar o papel Couche com essas medidas, formando um quadriculado.
  2. Depois é só cortar tudo com estilete e você terá vários quadradinhos de papel branco.
  3. Repita o mesmo processo com a folha imanizada – comprei um pacote fechado na Kalunga que vem com várias folhas pequenas. Elas são adesivas, o que facilita muito e você pode usar para projetos de outros tipos, ou mesmo fotos maiores.
  4. Nessa etapa você terá vários quadradinhos: brancos, pretos e as fotos em si. Retire a película adesiva da folha imanizada e cole o papel branco ali. A cola é forte, então tem que fazer delicadamente.
  5. Depois passe cola branca comum no verso das fotinhos e aplique-as no papel deixando uma moldurinha na volta toda – e maior na parte inferior, como citei acima.
  6. Espere secar e se preferir coloque algum peso em cima para fixar melhor ainda.

Confesso que vou colocar a mão na Massa, e fazer alguns para dar de presente de Natal.
E vocês gostaram da ideia?

Fonte ( BRUNA LOURENÇO)

Hora da Estampa.

A arte de estampar, algo fácil de fazer, e com uma capacidade enorme de transformação, e digo transformação de diversas coisas por exemplo: paredes, tecidos, quadros e outras inúmeras ideias que sei que vai surgir na sua cabeça e com certeza vai querer usar em alguma lugar. Segue um tutorial do blog (Casa de colorir), e mais algumas imagens para se inspirar.

Confere ai.

ANIME-BLOG-29-05

Estampando a Parede.

Se você quer promover uma mudança de efeito naquele ambiente da sua casa que tá precisando de um charme a mais, o conselho que eu te dou é: invista nas paredes. Uma cor, uma textura ou até um padrão novo pode fazer milagre! Agora, se você não leva muito jeito para pintar parede ou o orçamento tá curto para investir em papéis de parede ou outros revestimentos, que tal lançar mão dessa ideia simples, mas que garante um efeito de impacto em poucos minutos? Vamos aprender a carimbar as paredes? Então vamos.

Materiais:

– Impressora HP Deskjet Ink Advantage 3546 + Cartuchos Originais HP 662 XL Preto e Colorido

– 1 pedaço pequeno de EVA
– 1 taco de madeira de aproximadamente 10x10cm ou um pouco maior do que o seu carimbo.
– tinta acrílica na cor preta
– pincel
– 1 molde impresso
– tesoura
– cola extra forte

carimbo será feito a partir de um recorte de espuma EVA, fácil de encontrar em papelarias e lojas de artesanato. Para fazer o molde, eu imprimi esse formato de libélula na minha impressora, em casa mesmo. E fica a dica: quanto mais simples for o formato do seu molde, mais fácil e bem acabado será o seu projeto. Âncoras, corações, nuvens, flores, gotas… existem uma infinidade de formas simples e lindas para você escolher.

Depois de imprimir a forma, vou recortá-la e usá-la como molde para desenhar sobre o EVA. Então basta recortar o EVA com cuidado, para que seu carimbo fique regular e garanta um bom acabamento na parede.

Para fazer a base do carimbo,  Você pode usar qualquer peça plana, como um azulejo, um pedaço de madeira por exemplo. Para fixar a forma na base,o ideal é cola extra forte.

O carimbo está pronto! Para começar os trabalhos basta aplicar a tinta (estou usando tinta acrílica fosca na cor preta) com a ajuda de um pincel e retirar bem o excesso para evitar borrões na parede. Para testar a qualidade do carimbo, aplique o mesmo sobre uma folha de papel. Estando OK, pode partir para a parede! É legal testar algumas vezes no papel para que você pegue prática antes de arriscar tudo na parede.

Agora veja quantas ideias para se inspirar e colocar a mão na massa.

E vocês o que o acharam da ideia, estou louquinha por eco bag pra transformar, assim que fizer mostro pra vocês. Até logo.

DIY do dia.

Bora Fazer

Mural de Linhas
Material: Pequenos pregos.
Tela de pintura ou chapa de MDF
Linha, de preferência aquela de crochê que é um pouco mais grossinha.
E criatividade.


Segue algumas ideias, para se inspirar





O que acharam? só montar o desenho que quiserem com os pregos, e ir passando a linha.

Eu adorei, logo mais vou tentar fazer um modelo e posto pra vocês.

E essa foi a nossa DIY do dia.

D.I.Y do Dia- LUZ !

O projeto é super simples e delicado e dá um charme em qualquer ambiente.
Nada como um pisca- pisca e criatividade para dar um toque a mais.
Agora mãos na massa.

Você vai precisar de:
♥ Pisca-pisca de led, as luzes comuns podem derreter os copinhos
♥ Copinhos descartáveis
♥ Papeis estampados
♥ Tesoura, lápis e régua
Faça as marcações e corte os moldes de acordo com o tamanho dos copinhos que você escolheu e os cole aos copos:

Faça uma marcação no fundo do copo e corte em forma de cruz:

diy-copos-varal-bloglovers

Passe as luzes pelo furo e prontinho!

diy-varal-copos-cute (1)

Washitapeando.

Washi Tape: O que é e como usar na decoração.

 
Você já conhece a Washi Tape?
Para quem ainda não sabe o que é, são aquelas fitas adesivas japonesas lindas, vendidas numa infinidade de cores e estampas.
Essas fitas são feitas de papel de arroz semi transparente, e podem ser reutilizáveis, uma vez que são removíveis e reposicionáveis.
Além de muito prática, é hiper fácil de aplicar… é só usar da mesma mesma forma que uma fita crepe, durex, ou dupla face.
Por falar em dupla face, ela pode se tornar sua fita Washi caseira: escolha alguns retalhos de tecidos bonitos ou de papel de presente, cole na dupla face e depois aplique onde sua imaginação mandar.
Eu só não acredito muito que a aderência da dupla face, aguente o reposicionamento mais de uma vez…
Tudo bem que vai ficar bem mais baratinho fazendo em casa, afinal as lindinhas washi ainda não são encontradas no Brasil por um precinho muito camarada. 
Mas se você levar em conta a infinidade de coisas que dá pra mudar na decoração, sem sujeira e de forma muito rápida, talvez o custo benefício passe a valer à pena.
 
E o que não falta são ideias, do que a gente pode fazer com essas fitinhas.
Segue abaixo algumas dicas, aposto que vão se identificar com alguma delas.
 
 
 
Existem várias Lojas online, que vendem essas belezuras, só fazer uma pesquisa e Mão na Massa.

DESIGN. Sustentável

Publicitário cria oficina de marcenaria em sua agência e faz obras com lixo

Nada mais comum do que encontrar decorações criativas e até mesmo exóticas em agências de publicidade. Mas o que se vê na theSign, na Vila Madalena, é inusitado: oficina de marcenaria. Ali, por exemplo, transforma restos de lápis coloridos em peças de decoração e desenvolve projetos de mesas de piquenique para espalhar pelas praças.

“Sou paranaense e sempre morei próximo a serrarias. Eu adorava vasculhar os lixos das madeireiras a fim de encontrar peças interessantes para construir meus brinquedos”, afirma Laércio Beatrice, um dos sócios da agência que, entre campanhas publicitária, desenvolve peças.

Nada mais comum do que encontrar decorações criativas e até mesmo exóticas em agências de publicidade. Mas o que se vê na theSign, na Vila Madalena, é inusitado: oficina de marcenaria. Ali, por exemplo, transforma restos de lápis coloridos em peças de decoração e desenvolve projetos de mesas de piquenique para espalhar pelas praças.

“Sou paranaense e sempre morei próximo a serrarias. Eu adorava vasculhar os lixos das madeireiras a fim de encontrar peças interessantes para construir meus brinquedos”, afirma Laércio Beatrice, um dos sócios da agência que, entre campanhas publicitária, desenvolve peças.

O projeto é um arranjo criativo para estimular novos talentos em arte e artesanato, fornecendo dinheiro e mentoria de profissionais das mais variadas áreas.

Essa combinação da publicidade com marcenaria é uma junção de duas paixões. “Cursei dois anos de Engenharia Civil em Maringá-PR, até que descobri que meu gosto por matemática, desenho e geometria tinha o design como destino”, afirma Laércio.

Em 1996, ele montou, em parceria com Edy Baldim, a theSign, agência de comunicação tendo como essência o design, quando ajudou a construção de imagens como a da Fundação Itaú Social.

“Hoje, na theSign, fiz da minha sala uma oficina, o que remete àquela edícula dos tempos de infância. Com certeza isso não é uma coincidência. É parte de um ciclo que toma novo impulso a partir de agora”.

 

 

 

E hoje no planeta onde andamos nada como design na mistura com sustentável… Falando nisso está rolando a partir de hoje a virada sustentável, amanhã falo sobre isso, e pretendo não perder.
Texto (Catraca Livre)